[RESENHA] Sussurro, de Becca Fitzpatrick

SUSSURRO_1273777363B Título: Sussurro (Hush, Hush #1)

Autora: Becca Fitzpatrick

Editora: Intrínseca

Páginas: 264

5

Se apaixonar nunca foi tão fácil… ou tão mortal. Para Nora Grey, romance não era parte do plano. Ela nunca se sentiu particularmente atraída por nenhum garoto de sua escola, não importa o quanto sua melhor amiga Vee os empurre para ela. Não até a chegada de Patch.

Com seu sorriso tranquilo e olhos que parecem enxergar dentro dela, Nora é atraída por ele contra seu bom senso. Mas após uma série de acontecimentos aterrorizantes, Nora não sabe em quem confiar. Patch parece estar onde quer que ela esteja, e saber mais dela do que seus amigos mais íntimos.

Ela não consegue decidir entre cair nos braços dele ou correr e se esconder. E quando tenta encontrar algumas respostas, ela se acha próxima de uma verdade que é bem mais perturbadora do que qualquer coisa que Patch a faça sentir. Pois Nora está bem no meio de uma antiga batalha entre os imortais e aqueles que caíram – e, quando se trata de escolher lados, a escolha errada poderá custar sua vida.

Os leitores podem contar com suspense do início ao fim dessa história. O enredo gira em torno de Nora, uma garota que mora em uma casa muito afastada do centro da cidade e que “odeia” seu parceiro da aula de biologia, mas esse ódio não dura muito. Lá pela metade do livro a garota começa a aceitar a atração que sente por Patch.

O professor da aula de biologia cobra um trabalho de investigação onde Nora deveria entrevistar Patch para conhecê-lo melhor e vice-versa, mas a garota nunca imaginou que fosse tão difícil fazer Patch falar e acaba tendo que encontrá-lo fora do horário de aula para conseguir sua nota no trabalho. É assim que eles começam a se conhecer e quando Nora e Patch finalmente abraçam o sentimento que tem um pelo outro eles descobrem que a garota, Nora, está em perigo por causa das antigas ações de Patch.

O livro é um dos meus favoritos sobre anjos e anjos caídos. Mostra quem são os verdadeiros amigos e que às vezes, somente às vezes, a primeira impressão que temos sobre alguém pode ser real, mas que devemos tentar conhecer melhor as pessoas a nossa volta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s