#FILME: Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (2004)

images (1)

Direção:  Lone Scherfig

Elenco: Ewan McGregor, Albert Finney, Billy Crudup, Jessica Lange, Helena Bonham Carter, Alison Lohman, Missi Pyle, Danny DeVito, Steve Buscemi

Gênero: Drama

filme 5

Ed Bloom é um grande contador de histórias. Quando jovem, Ed saiu de sua pequena cidade-natal,Ashton no Alabama, para realizar uma volta ao mundo. A diversão predileta de Ed, já velho, é contar sobre as aventuras que viveu neste período, mesclando realidade com fantasia. As histórias fascinam todos que as ouvem, com exceção de Will, filho de Ed. Até que Sandra, mãe de Will, tenta aproximar pai e filho, o que faz com que Ed enfim tenha que separar a ficção da realidade de suas histórias.

Com certeza esta é a resenha de filme mais difícil que estou fazendo para o Citando Palavras. Este é um dos filmes mais fantásticos e lindos que já assisti, me emociono sempre que olho e é uma das obras cinematográficas que sempre indico. Gosto de histórias que desenvolvem nossa criatividade e que podem ser entendidos de maneiras diferentes dependendo do ponto de vista, e isso torna “Peixe Grande” um dos melhores filmes de Tim Burton em minha opinião.

O filme é baseado no livro do escritor americano Daniel Wallace “Big Fish: A Novel of Mythic Proportions” que conta a vida de Edward Bloom, um homem que passou a vida contando histórias, e isto o torna amado e respeitado por todos, menos pelo seu filho Will, que diz nem conhecer o pai de tantas mentiras que ele contou ao longo de sua vida.

Mas quando ficou sabendo que seu pai está prestes a morrer, Will volta para casa, para tentar conhecer e dar uma chance para suas histórias.

Não posso contar mais do que isso sobre o filme, afinal devem assistir para descobrir, porém vou citar apenas duas cenas que eu considero nada menos que fantásticas.

A cena em que Edward diz que esta apaixonado por Sandra, eles estão no meio de um campo de narcisos, flor preferida da moça.

A cena em que Edward diz que esta apaixonado por Sandra, eles estão no meio de um campo de narcisos, flor preferida da moça.

E a minha outra cena preferida é quando Ed descobre a maneira como ele irá morrer, que ele nunca revela, e isto acaba sendo uma das dúvidas de Will.

O filme é intrigante, sensível e maravilhoso, espero que te conquiste como me conquistou.

abraços

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s