[RESENHA] Canção do Mar, de Amanda Hocking

CANCAO_DO_MAR_1354041406BTítulo: Canção do Mar (Watersong #2)

Autor: Amanda Hocking

Editora: Planeta

Páginas: 208

nota livro 5

Harper só quer uma vida segura e normal. Mas quando sua jovem irmã Gemma foge com um bando de garotas bonitas e perigosas, Penn, Thea, e Lexi, tudo muda. Jurando conseguir sua irmã de volta, Harper deve encarar perigos que jamais experimentou. Felizmente, ela tem Daniel do seu lado, um deslumbrante garoto que está ajudando em sua busca e é imune aos poderes sombrios das garotas.

Enquanto Harper procura sua irmã, Gemma se esforça para se ajustar a sua nova vida. Seus poderes estão crescendo mais a cada dia, e quanto mais tempo vive com suas novas “irmãs”, mais difícil é resistir ao seu mágico mundo. É um reino tanto sombrio quanto bonito, onde ela é atormentada por uma estranha fome e necessidades indizíveis. Justo quando ela está afastando-se de sua antiga vida, Harper e Daniel a encontram… mas ninguém pode negar o quanto ela mudou. Tudo o que ela quer é voltar para sua família e seu mundo mortal, mas como ela poderá fazer isso quando ela se tornou algo totalmente diferente — e será que eles ainda a amarão quando descobrirem a verdade?

Ao final do primeiro livro Gemma foge da cidade com Penn, Lexi e Thea para proteger sua irmã, Harper, e o garoto que ama, Alex. Em Canção do Mar, a nova sirena descobre coisas sombrias sobre si mesma e o que precisa fazer para sobreviver. Gemma relutou muito antes de começar a agir como sirena e até evitou nadar no oceano com as outras três como uma forma de castigo, mas quando começa a passar mal e percebe que está definhando ela se obriga a tenta encontrar o equilíbrio entre ser uma sirena e não afetar os homens ao seu redor.

Enquanto isso, Harper, Alex e Daniel buscam informações sobre o que as meninas são, como trazer sua irmã de volta e como lidar com o que ela se tornou. Muitas pesquisas são feitas, mas o resultado final não parece agradar Harper, isso porque até que encontrem sua irmã nada pode ser feito para ajudá-la.

Nos primeiros capítulos, a história é narrada por Harper, mas logo a autora começa a intercalar entre Harper e Gemma, isso deixou a história muito interessante pois, como as irmãs estavam vivendo afastadas, ficamos sabendo exatamente o que acontecia nos dias de cada uma.

Em vários momentos o livro relembra os acontecimentos de Despertar, o primeiro livro da série, a lembrança de tantos detalhes é útil para quem assim como eu teve um grande espaço de tempo entre a leitura dos dois livros.

Ao final do livro uma dúvida surge… talvez a maldição tenha mesmo brechas e possa ser quebrada, mas isso é algo que apenas saberemos nos próximos livros. Infelizmente a Editora Planeta não parece ter planos para continuar a traduzir essa maravilhosa história, assinaturas estão sendo recolhidas para solicitar a continuação da série no Brasil, caso tenha interesse em ajudar clique aqui e assine seu e-mail, é rápido e fácil.

Assim como no primeiro livro da série Watersong, Canção do Mar também apresenta todas as primeiras páginas de cada capítulo com a escrita alinhada no formato de ondas do mar, para entenderem melhor podem ver a imagem que coloquei no post com a resenha do primeiro livro da série (aqui).

Anúncios

2 comentários sobre “[RESENHA] Canção do Mar, de Amanda Hocking

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s