Resenha | Obsidiana, de Jennifer L. Armentrout

OBSIDIANA_1444071261520494SK1444071261BTítulo: Obsidiana (Lux #1)

Autora: Jennifer L. Armentrout

Editora: Valentina

Páginas: 320

Compre: Amazon

Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra… Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão… Bem, algo aconteceu… Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha “luz” extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.

IMG_4432

A capa é bonita e salienta os olhos de Daemon que são “de outro mundo”. Os raios ao fundo representam o poder que os Luxen tem sobre a luz.

IMG_4429

O livro contempla um bom tamanho de fonte, margem e espaçamento. As folhas são amareladas, o que torna a leitura agradável.

IMG_4430

As 320 páginas são divididas em 30 capítulos. Os capítulos em geral são curtos.

sobre a história

Katy e sua mãe se mudaram para West Virgínia, uma cidadezinha minúscula e isolada. Seus novos vizinhos, um casal de adolescentes gêmeos, são meio estranhos. Enquanto Dee é muito divertida e legal, Daemon é muito irritante, mal humorado e arrogante, mas também é o cara mais lindo que Katy já viu. Logo que se conhecem, Dee e Katy passam a ser melhores amigas, mas seu relacionamento com Daemon é repleto de intrigas.

“- Sempre achei que as pessoas mais bonitas, bonitas de verdade, por dentro e por fora, são aquelas que não tem noção do efeito que causam.”

Mesmo sem a aprovação de Daemon, a amizade entre Dee e Kat logo cria raízes e, com isso, em algum momento fica difícil de esconder as habilidades especiais que eles possuem, pois coisas inexplicáveis acontecem quando os irmãos Black estão por perto.

Com o tempo e a aproximação de Dee e Daemon, Katy vai percebendo que coisas incomuns acontecem ao redor dos seus vizinhos. Não muito tempo depois (ainda antes da metade do livro) ela descobre que eles não são deste planeta e que, por serem Luxen, Seres de Luz, podem manipular a luz da forma que bem entenderem.

“- As pessoas tendem a achar que as crenças antigas eram primitivas e pouco inteligentes, mas a toda hora a gente encontra mais verdade no nosso passado.”

Kat fica fascinada com os poderes de Dee e Daemon e, sem perceber, acaba sendo posta em perigo quando os inimigos dos Luxen, os Arum, aparecem para destruí-los e resolve utilizar Kat para fazer o serviço.

O romance entre Katy e Daemon evolui muito lentamente, mas nas cenas onde os dois se encontram a sós é possível perceber uma certa tensão entre eles que denuncia seus reais sentimentos.

minhas impressões

Quando soube que o livro se tratava de seres alienígenas fiquei louca de vontade de ler, mas durante a leitura de decepcionei bastante. A decepção foi alimentada principalmente pela base da história que é MUITO semelhante com o enredo de Crepúsculo (obra de Stephenie Meyer). Digo isso porque se esquecermos dos detalhes que falam exclusivamente sobre os Seres de Luz temos a combinação que a autora de Crepúsculo utilizou: a protagonista descobriu que o cara lindo e maravilhoso é diferente quando foi salva de um atropelamento; o cara dos sonhos da protagonista leva ela para um passeio pela mata para revelar seus segredos…

Maaaaas, se deixarmos a base do enredo de lado e nos focarmos nos detalhes podemos ver como a história criada por Jennifer Armentrout foi brilhante! Sempre imaginei os aliens como criaturinhas pequenas e verdes, podendo ser até meio gosmentas, ou então como insetos gigantes, mas em Obsidiana conhecemos os Seres de Luz, os Luxen, que são muito melhores e mais interessantes do que os aliens que estamos acostumados a conhecer.

Os detalhes que compõem a história de Obsidiana foram bem elaborados e gostei muito. Realmente o que me fez tirar muitos pontinhos do livro foi que a clássica receita de bolo criada pela Stephenie Meyer parece ter sido “copiada” e apenas a cobertura e o recheio são originais.

Outro ponto positivo para o livro foi as histórias do passado que Daemon conta para Katy em um dos seus passeios, achei muito interessante as observações sobre as rochas da região e gostei também do título do livro ser o nome do vidro vulcânico que é capaz de matar os Arum.

Quando parei para analisar sobre o título do livro e da saga percebi que o título dado para a saga não pareceu ter muito significado para a história. Lux é o planeta dos Luxen que foi destruído muitos anos antes, mas no livro falam muito pouco sobre ele e, como foi destruído, parece não ter muita importância. Se nos próximos livros da saga for ter mais ênfase em Lux acredito que o nome pode ter sido uma boa escolha, mas se for como este acho que o melhor nome seria Luxen.

nota livro 3,5

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha | Obsidiana, de Jennifer L. Armentrout

  1. Eu já tinha colocado esse livro na minha lista de para ler por conta dos alienígenas e tals…
    Fiquei um pouco depre agora por ter a semelhança de Twilight e logo a semelhança que faz o livro não ser tão legal.
    Mesmo assim darei uma chance para o livro, com os pontos que mostrou. ^^
    Bjs!
    http://www.aniverstaria.com

  2. Pingback: [EI Indica] Obsidiana | EU INSISTO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s