Resenha | A primeira chance, de Abbi Glines

A_PRIMEIRA_CHANCE_1441397457439308SK1441397457BTítulo: A primeira chance (Rosemary Beach #7, Chance #1)

Autora: Abbi Glines

Editora: Arqueiro

Páginas: 224

Compre: Amazon

Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil… Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.

Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.

Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la…

IMG_4483

A capa é muito bonita, na minha opinião é a segunda mais bonita de todos os livros da série Rosemary Beach – perdendo apenas para Estranha Perfeição.

IMG_4485

A diagramação é simples, mas agradável. Contempla um bom tamanho de fonte, margem e espaçamento. As folhas são amareladas.

IMG_4487

As 224 páginas são divididas em capítulos narrados por Harlow e outros narrados por Grant mais o prólogo. Os capítulos em geral são curtos.

sobre a história

Harlow é a filha meiga e inocente de um astro de rock. Tem uma meia-irmã vadia que faz tudo o possível para infernizar sua vida, pois Nan tem inveja de Harlow por ser atraente e querida por todos. Assim que conhece Grant sabe que ele é o tipo de cara com quem não deveria se envolver, mas seu coração diz o contrário e as atitudes galanteadoras de Grant a fazem se entregar cada vez mais a essa paixão.

“- Existem três tipos de mulher nesse mundo. Aquelas que sugam você até a última gota e o deixam sem nada. Aquelas que só querem se divertir. E aquelas que fazem a vida valer a pena. Esse último tipo… A mulher certa é aquela que dá na mesma medida em que recebe, e você nunca se cansa de estar com ela. Ela é do tipo que… se você perdê-la, acaba se perdendo.”

Grant conhece Nan quase a vida toda e já namorou, achou que estava se apaixonando pela garota, mas assim que ela apresentava sua clássica pose de megera mimada o fazia perder o interesse. Quando conheceu Harlow seu mundo virou de cabeça para baixo, sabia que a queria muito e que não a merecia. Teve medo de se apaixonar e acabar perdendo a garota que dominou sua mente e coração, mas depois de muitas conversas Rush e Blaire o fazem perceber que não se pode ter medo de ser feliz.

“Pela primeira vez em meses, eu tinha esperança. A ideia de ficar perto dela novamente, passar um tempo com ela, era mais empolgante do que qualquer outro desejo… exceto tirar sua roupa.”

Quando a slacker demon sai em turnê Kiro, o pai de Harlow, a envia para morar com Nan em Rosemary Beach até a turnê acabar (9 meses!), o que a garota menos esperava era encontrar Grant no café da manhã e descobrir que era ele o homem que estava na cama de Nan, a fazendo gritar, na noite anterior.

“Ver Grant sempre me fazia querer fugir para uma das minhas histórias, em que caras do tipo dele se apaxonavam por garotas como eu. Não garotas como Nan.”

O caminho para o romance entre Harlow e Grant dar certo é repleto de espinhos, mas em algum momento eles decidiram que vale a pena correr os riscos e se entregar a essa paixão. Infelizmente muitas surpresas desagradáveis estão aguardando o possível casal e colocando à prova os sentimentos que um tem pelo outro e o quanto se arriscariam para permanecerem juntos.

minhas impressões

Desde que teve o lançamento do livro eu queria lê-lo, mas ainda não havia tido oportunidade. A espera valeu a pena e o final me deixou com ainda mais vontade de ler o próximo livro que contará o desfecho para a história de Grant e Harlow.

Pelas atitudes erradas de Grant (como voltar a dormir com Nan mesmo após ter se apaixonado por Harlow) achei que o romance pareceu evoluir muito rapidamente, mas talvez a intensidade dos sentimentos deles possa ser responsabilizado por isso.

Ao final do livro fiquei maravilhada com todas as reviravoltas criativas que foram sendo acrescentadas nos detalhes durante o enredo, mas também fiquei muito triste e decepcionada com o Grant por sua atitude imatura. Ok, ele estava com medo. Mas poxa, a Harlow também e ela precisava dele! A necessidade de ler Mais uma Chance é enorme e a expectativa está muito alta, mas como não me decepcionei em nenhuma das obras dessa autora acredito que dará tudo certo na hora certa.

O irmão de Harlow (que eu nem sabia que existia) aparece para salvá-la de Nan. Gostei muito do estilo cowboy protetor do Mase. Poderia ser feito livros sobre ele também! *-*

Adorei que a Abbi Glines nos deixou acompanhar um pouco o crescimento de Nate (o filho de Blaire e Rush) e a ocasião onde disse sua primeira palavra.

E agora um último comentário que não podia faltar: Adorei a história de Harlow! Me identifiquei muito mais com ela do que com a Blaire e a Della. Harlow lê em um kindle ❤

nota livro 5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s