Resenha | Cidade de Vidro, de Cassandra Clare

Confira as resenhas dos livros anteriores: Cidade dos Ossos (#1) e Cidade das Cinzas (#2).

Aviso: Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores.


CIDADE_DE_VIDRO_144747243453783SK1447472434BTítulo: Cidade de Vidro (Os Instrumentos Mortais #3)

Autora: Cassandra Clare

Editora: Galera Record

Páginas: 474

Compre: Amazon

Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

Continuar lendo

Anúncios

“Os Instrumentos Mortais” é acusada de plágio!

Oi pessoal! Vim contar para vocês um fato muito triste e que pode dar fim a tudo relacionado a Os Instrumentos Mortais

Ao que tudo indica a autora Sherrilyn Kenyon está acusando nossa amada Cassandra Clare de ter “roubado” a ideia dela para criar a série Os Instrumentos Mortais.

Sherrilyn Kenyon, colega de trabalho de Cassandra Clare, afirma que a saga literária Os Instrumentos Mortais e a série Shadowhunters foram copiadas consciente e deliberadamente dos livros de sua própria série chamada Dark-Hunters.

O primeiro livro da saga Dark-Hunter (que eu nunca ouvi falar) foi publicado em 1998, enquanto o livro Cidades dos Ossos foi publicado em 2007.

Dark-Hunter Continuar lendo

#SERIADO: Shadowhunters

Shadowhunters

Baseada na série literária infanto-juvenil Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare, Shadowhunters acompanha a jovem de 18 anos, Clary Fray, que descobre em seu aniversário que ela não é quem pensa que é, mas sim que vem de uma longa linhagem de Caçadores de Sombras – híbridos humano-anjos que caçam demônios. Quando sua mãe Jocelyn é sequestrada, Clary é lançada num mundo de caça aos demônios com o misterioso Caçador de Sombras, Jace Wayland, e seu melhor amigo, Simon. Agora vivendo entre fadas, feiticeiros, vampiros e lobisomens, Clary começa sua jornada de autodescobrimento enquanto aprende mais sobre seu passado e sobre o que seu futuro pode estar lhe reservando

A série conta a história de uma garota chamada Clary que esbarra (literalmente) no mundo das sombras. Em sua busca por entender mais sobre esse mundo e conseguir resgatar sua mãe, Clary precisa começar a confiar em Jace, um completo estranho que acaba de salvar sua vida. Entre armas que nunca havia visto antes e criaturas monstruosas a garota fica confusa e acaba, “sem querer”, colocando seu melhor amigo também no mundo das sombras.

Devo confessar, não gostei muito da série, pelo menos não nesse primeiro episódio. Achei tudo muito corrido, foi como se apressassem as falas sem explorar muito a expressão dos personagens nas cenas. Se eu já achei que no filme (crítica aqui) tinham passado um pouco por cima da história, nem sei o que dizer agora, é como se tivessem pego um terço da história do primeiro livro (resenha aqui) e filme e compactado ela para um único episódio.

Outro ponto que não achei bom foi o tanto de surreal que colocaram nas cenas onde aparecem os “monstros”, na minha mais sincera opinião, a parte da boate foi ridícula. Sem falar que pareceu que estão copiando as bocas monstruosas dos mortos-vivos dos filmes de Resident Evil.

A história que criaram para o seriado é beeeeem diferente que a do livro e do filme, não achei isso nem um pouco legal. Um exemplo disso foi Clary falando com a mãe dela sobre o Jace e o que viu na boate antes que sua mãe fosse capturada. Hellooooo, Clary não vê nem conversa com a mãe sobre o mundo das sombras!

shadowhunters cast3

Além disso, os atores podiam ser mais bonitos e combinarem melhor com os personagens, gostei mais dos escolhidos para o filme do que para o seriado.

Eu esperava muito mais dessa série, talvez por isso tenha me desapontado tanto. Vou tentar assistir mais um ou dois episódios para tentar mudar essa minha opinião, mas não tenho muitas esperanças. Infelizmente, acho que deviam ter parado no filme, mesmo se não dessem continuidade nas gravações.

[RESENHA] Cidade das Cinzas, de Cassandra Clare

CIDADE_DAS_CINZAS_144747195453782SK1447471954BTítulo: Cidade das Cinzas (Os Instrumentos Mortais #2)

Autor: Cassandra Clare

Editora: Galera Record

Páginas: 406

nota livro 5

No mundo dos Caçadores de Sombras, ninguém está seguro. E agora que Clary descobriu fazer parte do perigoso Submundo, sua vida nunca mais será a mesma. Jace, seu recém-descoberto irmão, está cada vez mais impossível, e não parece medir esforços para enfurecer a todos. E sua atitude de bad boy não ajuda em nada quando, após o roubo do segundo dos Instrumentos Mortais, a Inquisidora aparece no Instituto para interrogá-lo… Agora Jace é suspeito de ajudar o pai, o perverso Valentim, num plano que vai colocar em risco não só Idris ou o Submundo, mas toda a cidade de Nova York. E Clary não pode deixar de se perguntar: será que as ironias de Jace são só uma forma de chamar atenção, ou também pode haver uma traição por trás de tanto mistério?

Para quem não leu a resenha do primeiro livro da série, recomendo que clique aqui e faça isso antes de continuar a leitura desse post.

Eu adoro a Clary, mas odeio ficar vendo (ou melhor, lendo) as cenas onde ela tenta gostar de Simon como mais do que o melhor amigo que ele sempre foi. Desde a primeira vez que vi ela com o Jace desejo que eles fiquem juntos, mas infelizmente alguns laços familiares insistem em separá-los.

As aventuras encontradas em Cidade das Cinzas são ainda mais empolgantes que as do primeiro livro da série, principalmente quando mais criaturas aparecem e segredos são revelados. Gostei muito das enrascadas que nossos amados protagonistas se metem, a minha favorita nesse livro foi o encontro deles com a rainha da corte Seelie e o desfecho desse “afetuoso” encontro.

Continuo acreditando que essa série é uma das melhores que já li, por causa disso reforço a recomendação que fiz na resenha do primeiro livro. Acredito que todos que apreciem ler sobre as criaturas do submundo (vampiros, lobisomens, fadas, …) irão se apaixonar por essa história.

Comprei na Black Friday o terceiro e o quarto livro, em breve teremos resenha deles aqui também. O final desse livro me deixou muito ansiosa para descobrir mais sobre a família e amigos da Clary (e sobre seu relacionamento com Jace, é claro).

[RESENHA] Cidade dos Ossos, de Cassandra Clare

CIDADE_DOS_OSSOS_144747181753780SK1447471817BTítulo: Cidade dos Ossos (Os Instrumentos Mortais #1)

Autor: Cassandra Clare

Editora: Galera Record

Páginas: 462

nota livro 5

Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Aqui no post coloquei a capa e número de páginas da edição normal do livro Cidade dos Ossos, mas o que li foi a Edição de Colecionador que reúne o primeiro e o segundo livro da série no mesmo exemplar. Até a página 358 é Cidade dos Ossos e a partir da 360 é Cidade das Cinzas. Abaixo está a foto que publiquei no instagram.

Livro MARAVILHOSO! Realmente apaixonante. Entre o filme e o livro tem algumas diferenças e muitas semelhanças; com certeza o livro é melhor do que o filme. Enquanto o filme era meio confuso e parecia atropelar os acontecimentos (leia aqui meus comentários sobre o filme), o livro esclarece TODAS as dúvidas que ficaram pendentes na adaptação para as telonas.

Acidentalmente Clarissa Fray descobre que pode enxergar criaturas que os mundanos não veem, o Mundo das Sombras. No começo isso a assusta, mas conforme vai aprendendo mais sobre esse “mundo” novo, amizades são formadas e uma paixão parece surgir.

A história é repleta de perigos, aventura e ação. A lealdade é testada a medida que novos perigos surgem e alianças são formadas para combatê-los. Os segredos são revelados com o tempo e cada descoberta faz Clary entender um pouco mais sobre o passado que sua mãe a havia feito esquecer. Mas junto com as lembranças, vem a responsabilidade de continuar a missão que sua mãe iniciou e reencontrá-la.

“Amar é destruir.”

O livro é envolvente e já está nos meus favoritos, recomendo para todas as pessoas que gostam de aventurar-se por mundos ocultos. Acredito que todos que lerem irão se apaixonar também.

#FILME: Os Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos (2013)

21025942_20130809010733221Diretor: Harald Zwart

Elenco: Lily Collins, Jamie Campbell Bower, Robert Sheehan, Lena Headey.

Gênero: Fantasia, Ação, Aventura.

nota filme 4,5

 

Clary Fray (Lilly Collins) presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon (Robert Sheehan) e o caçador de demônios Jace Wayland (Jamie Campbell Bower), mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.

Quando assisti ao filme tive a impressão de que muitas cenas interessantes tiveram que ser cortadas para poder ter todas as cenas “importantes”, assim que eu ler o livro lhes informarei se essa suspeita é verdadeira.

Enquanto Clary tenta entender esse mundo que está, finalmente, sendo apresentado a ela, também precisa aprender a lidar com um romance indesejado e o desaparecimento de sua mãe. O filme apresenta muitas cenas de ação e aventura, é maravilhoso! Depois de assisti-lo pela segunda, vez fiquei com vontade de ler o livro e já iniciei a leitura, em breve teremos resenha do livro Cidade dos Ossos aqui no blog.

filme-post

Descobrir que todo seu passado foi apagado de sua memória por um simples pedido de sua mãe foi desconcertante, mas assim que Clary passa a entender os motivos que levaram sua mãe a fazer isso, a garota já precisa estar pronta para relembrar e salvar o futuro da humanidade.

cdo-still19-620x350-1376762686

Gostei muito desse filme e estou ansiosa para assistir o próximo de Instrumentos Mortais. Infelizmente não consegui encontrar informações sobre o filme Cidade das Cinzas que seria a continuação de Cidade dos Ossos, mas descobri que a ABC Family irá estrear no início de 2016 a série Shadowhunters (caçadores de sombras).